Segundo pesquisa realizada pela empresa internacional de segurança virtual Kaspersky Lab, o Brasil foi o país que mais sofreu ataques de phishing em 2017. A pesquisa revela que 28% dos brasileiros sofreram esse tipo de ataque virtual entre janeiro e novembro do mesmo ano. Em muitos casos, aconteceram como uma consequência das correntes no WhatsApp e também pela falta de atenção à segurança virtual.

O país também ficou em segundo lugar com mais ataques de Cavalo de Troia. Não sabe o que significa phishing e Cavalo de Troia? Não se preocupe, vamos explicar direitinho o que são e como proteger-se neste conteúdo. Fique com a gente!

Entenda o que é o phishing

Esse tipo de ataque virtual é capaz de roubar sua identidade online. Ou seja, quando você é vítima do phishing pode ter seus dados bancários roubados, dados pessoais, assim como nomes de usuários e senhas de alguns sites.

O tipo de phishing mais comum é o e-mail de spam. Mas o ataque também pode chegar até você por meio de mensagens de SMS e pelo WhatsApp. Mensagens do seu banco solicitando que você insira seus dados bancários, alguma empresa oferecendo CNH gratuita, crédito para o celular, assinatura gratuita para a Netflix ou alguma notícia falsa, como as fotos comprometedoras de algum famoso, são alguns dos conteúdos que os hackers utilizam.

Eles também aproveitam datas como a Black Friday para intensificar ataques através de promoções que levam os usuários a clicar em links suspeitos.

Lembre-se que o phishing também imita páginas inteiras de bancos e de outras empresas para roubar seus dados. Por isso, o principal conselho é ficar atento aos detalhes da página.

Como funciona Cavalo de Troia?

O malware Cavalo de Troia é adquirido quando você faz download de algo. Pode ser algum arquivo, um MP3 ou qualquer coisa que pode ser instalado em seu computador.

Algumas das coisas que um Cavalo de Troia pode fazer em seu dispositivo é alterar o sistema de segurança do seu computador e assim facilitar a entrada de outros malwares.  O Cavalo de Troia também pode espionar seu computador para roubar dados bancários e pode roubar completamente o uso do dispositivo, ou seja, você perderá o controle sobre o seu computador e o hacker terá livre acesso as funções da máquina.

Como evitar ser vítima de ataques virtuais?

Uma maneira de evitar ataques cibernéticos é possuir um antivírus em seus dispositivos. Você também pode utilizar ferramentas anti-phishing.

Também é necessário que você fique atento aos links que está acessando e nas páginas onde está inserindo suas informações. E utilize rede de internet segura! A rede Wi-Fi desconhecida pode não estar protegida.

Verifique a URL do site que você está inserindo suas informações. As páginas devem iniciar com HTTP e prefira preencher suas informações pessoais em sites conhecidos.

Leia também 5 dicas para proteger o seu computador de um ataque hacker e mantenha seus dados seguros.

Quer ter uma internet por fibra óptica que garante alta velocidade e estabilidade de sinal? Vem para a Copel Telecom! Conheça os nossos planos e preços e agende a sua instalação.