Quer saber como um ataque hacker acontece? Vamos lá! Existem métodos avançados de invasão, que dependem da habilidade de engenharia social bem como o conhecimento profundo de programação e tecnologias, afim de explorar vulnerabilidades. Porém, o método mais comum é a utilização de cavalos de tróia.

Eles são programas disponibilizados para você baixar, que parecem inofensivos, mas, na verdade, quando executados, alteram o sistema operacional do seu computador, permitindo que o invasor armazene, execute ou induza a sua máquina a fazer alguma ação.

Quando sua máquina fica vulnerável ao invasor, dependendo do tipo de programa, ele pode descobrir suas senhas, apagar seus arquivos, baixar programas indesejados e até mesmo espalhar vírus. Por isso, confira algumas dicas para aumentar a proteção digital do seu computador e navegar na internet sem medo!

5 dicas simples e fáceis para proteger o seu computador de um ataque hacker

1. Evite abrir e-mails e websites desconhecidos

É comum os hackers encaminharem e-mails e criarem anúncios maliciosos em websites para que você clique neles e permita a sua invasão, com a consequente instalação de um software hacker e domínio da máquina. Por isso, evite acessar e-mails e websites desconhecidos e sem protocolo de segurança.

Os navegadores atuais I.E, Firefox, Chrome, contém ferramentas de proteção habilitadas que reconhecem sites que contém conteúdo nocivo e alertam o usuário. Caso receba uma mensagem de alerta ao navegar por um site, só entre se tiver certeza da procedência. Ok?

2. Atualize o seu software

Para dificultar a invasão hacker, também é necessário atualizar o software do seu computador. Isso ameniza a vulnerabilidade da sua máquina e a protege tanto de hacker quanto de vírus. Se você não sabe muito bem como a atualização funciona, peça ajuda para aquele amigo ligado em tecnologia ou entre em contato com um profissional.

Confira também segurança na internet: cuidados essenciais para ter uma navegação segura.

3. Salve os seus arquivos em outro dispositivo

É sempre bom fazer um backup dos seus arquivos e deixá-los salvos em outro dispositivo. Assim, não bate aquele desespero caso eles sejam excluídos em um ataque hacker. Até porque, em muitos casos, os invasores cobram pelo resgate dos arquivos. É melhor prevenir, concorda?

4. Tenha um programa de anti vírus no seu computador

Existem diversas soluções gratuitas para proteger a sua máquina. Algumas possuem um foco em determinados tipos  de proteção, mas que, na média geral, se você ajudar seguindo as regras acima, irão lhe servir bem.

5. Você acha que a sua máquina está infectada com algum vírus?

Nesse caso, as recomendações são as seguintes: primeiro, não permita que a máquina se conecte a qualquer rede; segundo, chame um especialista, esteja com seu backup em dia, altere todas as suas senhas eletrônicas, bancos, e-mail, sites, etc. Até que tudo esteja resolvido, é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

Fique por dentro do mais recente ataque hacker mundial

No dia 12 de maio de 2017, vários países sofreram com um ataque hacker que exigiu uma investigação internacional para desvendar os invasores. Grande parte das invasões aconteceram através de e-mails, com o envio do vírus “ransonware” para a máquina dos usuários. Com uma chave de criptografia, o vírus embaralhava os arquivos originais e os hackers cobravam um pagamento em bitcoins para os internautas que quisessem recuperá-los.

Veja aqui 4 curiosidades sobre a moeda virtual bitcoin.

Navegação segura? É com a internet da Copel Telecom!

Além de proteger o seu computador de ataques hackers e vírus, você também pode proteger a sua rede de falhas de sinal para aproveitar o melhor da internet sem imprevistos. Com a internet por fibra óptica da Copel Telecom, a sua conexão é livre de interferências externas. E você ainda conta com alta velocidade para navegar no mundo virtual.

Veja os nossos planos e preços e a disponibilidade dos nossos serviços na sua região. Para ficar por dentro das novidades do mundo tecnológico, de games, filmes e séries, continue acompanhando os conteúdos do Blog Conecta.

Ah! Não esquece de ligar para nós se tiver dúvidas: 0800 41 41 81.

Fontes: Época, Mundo Estranho, G1.