Astro e ex-campeão dos meio-pesados do UFC, Lyoto Machida anunciou sua parceria com o Bellator no dia 22 de junho, em um vídeo no seu Instagram.

O lutador, famoso pelos seus chutes potentes, pisou pela última vez em um octógono no dia 12 de maio, no UFC 224, realizado no Rio de Janeiro. Na ocasião, a luta que disputou foi justamente a que marcava a aposentadoria de outro grande lutador brasileiro, Victor Belfort.

Scott Coker, presidente do Bellator, confirmou a ida de Lyoto Machida através de um comunicado à imprensa. Nele, diz que o acerto foi de múltiplas lutas e que espera que elas aconteçam logo.

A dúvida que fica é: será que veremos Lyoto “The Dragon” Machida no octógono do Bellator ainda em 2018? Enquanto não há respostas, os fãs ficam ansiosos no aguardo.

Bellator: uma nova fase na carreira de Lyoto Machida

A nova fase da carreira, segundo Machida, vem motivada pela vontade de enfrentar outros desafios. Após 11 anos no UFC, Lyoto chega ao Bellator com um cartel de 24 vitórias e apenas oito derrotas na sua carreira.

Protagonista de momentos memoráveis na antiga franquia, Machida enfrentou e venceu verdadeiras lendas do octógono, como Mauricio Shogun, Randy Couture, Tito Ortiz e muitos outros.

O caminho, no entanto, não é incomum para fãs de MMA que acompanham o vai e vem dos lutadores. Com o crescimento da franquia, vários nomes de peso decidiram trocar de casa e disputar o cinturão do Bellator.

Lutadores como Ben Henderson, Chael Sonnen, Gegard Mousasi, Wanderlei Silva e Quinton Rampage Jackson tomaram o mesmo rumo que Lyoto Machida — e não é de se estranhar se mais astros migrarem para a outra marca.

Com a promessa de ação de qualidade, o Bellator se prepara para receber Lyoto Machida. E se depender dele, que nocauteou Belfort com um chute frontal impressionante, não vai demorar até que sua coleção de cinturões aumente.

Lembrando que os clientes da Copel contam com acesso liberado ao Esporte Interativo. Não perca!