ONVIF

Atualmente, o IPv4 acabou de vez, e o IPv6 é o novo protocolo que começou a ser utilizado em seu lugar. Porém, nem todos os tipos de dispositivos eletrônicos possuem padrões compatíveis para funcionarem com IPv6. Isso acontece em alguns casos de câmeras IPs.

O padrão ONVIF

As empresas que fabricam as câmeras IPs possuem suas próprias normas e protocolos. Por conta disso, os consumidores só podem escolher os equipamentos de uma mesma empresa.

Mas, em 2008, a Axis, a Sony e a Bosch estabeleceram uma organização chamada Open Network Video Interface Forum (ONVIF). O padrão ONVIF é usado principalmente em câmeras de vigilância e gravadores. Esse sistema busca resolver a interoperabilidade dos sistemas de vigilância IP entre os produtos, independentemente padrões desenvolvidos por diferentes fabricantes.

Confira os benefícios que o padrão ONVIF oferece para os clientes que possuem câmeras de vigilância:

• Padronização da comunicação entre dispositivos de vídeo em rede;
• Interoperabilidade entre aparelhos de segurança em rede, independentemente da marca;
• Abertura para todas as empresas e organizações.

O padrão ONVIF está centrado em 3 pilares básicos: padronização, interoperabilidade e plataforma aberta. Conheça as suas funcionalidades:

• Descoberta e gerenciamento de dispositivos
• Visualização em tempo real
• Manipulação de eventos
• Controle da câmera PTZ
• Análise de vídeo
• Segurança
• Armazenamento de dados

O que isso tudo tem a ver com a Copel Telecom?

A grande vantagem para nós da Copel Telecom é que as câmeras de vigilância com acesso externo por meio de servidores na nuvem que utilizam este padrão funcionam sem problemas no CGNAT (Carrier Grade NAT). Esse sistema é um tradutor de endereço de internet, usado para distribuir endereço IPv4 de forma dinâmica, para suprir a demanda de dispositivos eletrônicos que ainda não são compatíveis com os endereços IP do protocolo IPv6. Sempre que possível, dê preferência por equipamentos compatíveis com o padrão ONVIF.

Deu pra entender, galera? Qualquer coisa é só dar um alô pra gente: 0800 41 41 81

Fontes: SSBrasil, Diogenes Bandeira.