O que você faz para melhorar o sinal do Wi-Fi quando ele começa a oscilar? Mexe nas antenas do modem, desliga e liga o aparelho ou desconecta e conecta da rede Wi-Fi no seu celular, não é mesmo?

Se o seu sinal de Wi-Fi oscila com frequência e você fica na função de desconectar e conectar-se novamente à rede, é preciso rever algumas coisas – como o posicionamento do seu roteador de Wi-Fi, por exemplo. Veja essa e outras dicas para melhorar sua conexão, no texto e no infográfico abaixo!

Como funciona o Wi-Fi

Wi-Fi é o nome popular para a tecnologia IEEE 802.11, que significa conexão sem cabo entre dispositivos. Também chamado de wireless – inglês para “sem fio” – é basicamente a forma como a gente conhece a internet hoje em dia.

O sinal de Wi-Fi funciona por ondas de rádio. O roteador recebe os sinais, decodifica-os e depois os envia por meio de uma antena. Eles se propagam por um determinado espaço, que pode chegar a até 300 metros dependendo do tipo de equipamento utilizado para emitir as ondas.

Ou seja: para que seu computador, tablet, smartphone ou smart TV se conectem à internet Wi-Fi, é preciso estar dentro do espaço de propagação das ondas. Inclusive, essa área é conhecida por hotspot. Vale lembrar que o mesmo trajeto ocorre do dispositivo até a antena, para fazer as trocas que estabelecem a navegação.

Como melhorar o sinal do Wi-Fi

Agora que você já entendeu o básico de como funciona o seu sinal de internet sem fio, é mais fácil de compreender que existem formas para melhorar a sua experiência ao acessar a internet. Separamos algumas dicas especiais. Confira!

1. Posicionar o roteador num local adequado

Uma vez que o sinal do Wi-Fi funciona como ondas de rádio, ele sofre alterações à medida que se distancia do emissor ou quando encontra barreiras no caminho. Por isso, se o seu roteador está dentro de um nicho da estante no último quarto da casa, é bem provável que a internet fique muito mais fraca na cozinha.

Portanto, a primeira dica para melhorar o sinal de Wi-Fi é encontrar um lugar adequado para instalar seu modem. Um espaço aberto e mais central permite que o sinal se espalhe de maneira uniforme – o que permite uma conexão mais eficiente em qualquer ambiente.

2. Certificar-se de que os vizinhos não estão usando seu sinal

A menos que você queira quebrar um galho para o vizinho que pediu sua internet emprestada, a dica é bloquear a conexão para terceiros. Afinal, quanto mais dispositivos navegando por meio do mesmo roteador, mais comprometido o sinal tende a ficar.

Aqui, portanto, o passo básico é não deixar seu sinal de Wi-Fi aberto – ou seja, crie uma senha. Outra dica é, de tempos em tempos, alterá-la. Além disso, é sempre interessante não dar um nome muito óbvio para sua rede – por exemplo, “Rede do (seu nome)” ou “Casa número (número da sua casa ou apartamento)”. Desse jeito, sua rede chamará menos atenção de quem está por perto e quer um pouco do sinal.

3. Instale um repetidor para aumentar o alcance.

Outra forma de melhorar o sinal do Wi-Fi na sua casa é por meio de um repetidor. Esse equipamento recebe o sinal do roteador e o amplifica, para que tenha mais alcance.  Por exemplo: se o seu roteador foi instalado na sala e no seu quarto o sinal chega fraco, é possível posicionar o repetidor numa área que fique no meio do caminho entre os ambientes.

Claro que é sempre recomendável contar com o serviço de profissionais e comprar aparelhos que têm garantia. Vale a pena lembrar que o repetidor de sinal tem que ser compatível com a velocidade de internet contratada.

Internet oscilando muito: o que pode ser?

Você já tentou os truques acima, mas não consegue melhorar o sinal do Wi-Fi e a conexão parece oscilar demais? Veja algumas possibilidades do que pode estar acontecendo.

Muito metal envolvido

Você já percebeu que no banheiro o sinal do Wi-Fi fica um pouco menos poderoso – e, às vezes, a própria conexão oscila? Uma explicação está na quantidade de materiais metálicos e reflexivos no ambiente. Azulejo, espelho, chuveiros, torneiras, porta-toalhas e até mesmo a água, quando juntos, podem interferir na propagação das ondas do roteador.

Muitos aparelhos conectados

Por isso, no tópico anterior, citamos sobre a importância de manter senha na conexão, trocá-la com frequência e certificar-se de que o nome da sua rede é o mais discreto possível. Quanto mais dispositivos conectados e consumindo a internet, mais fraco o sinal pode ficar e isso contribui, de certa forma, com a oscilação.

Bluetooth ligado

Não é tão comum de acontecer, mas o Bluetooth pode interferir nas ondas de internet vindas do seu roteador. Por isso, não custa desligar essa conexão quando o sinal Wi-Fi estiver enfraquecido ou oscilando.

Problema da operadora

Se nada está funcionando, talvez o problema seja com a sua operadora de internet. Aqui, alguns pontos podem ser considerados: velocidade da internet e qualidade da conexão. Para verificar a velocidade, você pode fazer um speedtest da Copel Telecom. Basta entrar no site e iniciar a verificação, que deve mostrar a velocidade de download e upload.

Tudo certo? Então, entre em contato com sua operadora para verificar se há algum problema na conexão que chega até seu modem.

Leia também: Como funciona a Internet da Copel Telecom – fibra óptica de ponta a ponta

Para ajudar você a compreender ainda melhor como funciona o sinal de Wi-Fi, o que fazer para melhorar a conexão ou quando a internet oscila, preparamos também este infográfico!

 

Dicas de como melhorar o sinal do Wi-Fi

 

Gostou das dicas? Temos mais uma: para curtir uma conexão boa de verdade, a internet com fibra óptica de ponta a ponta da Copel Telecom é a pedida certa! Aproveite e confira nossos pacotes aqui.