EasyAPR

Nós lançamos nesta semana o EasyAPR, um aplicativo para Análise Preliminar de Riscos (APR). De 07 a 10 de novembro, em Curitiba, o sistema será apresentado durante o XXII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica – Sendi.

O EasyAPR é um software para preenchimento da Análise Preliminar de Risco (APR), etapa obrigatória nas atividades de trabalhadores que executam tarefas com riscos à saúde e à segurança. Ele foi desenvolvido para atender o grupo Copel, de início a Copel Distribuição, mas será ofertado para o mercado de energia elétrica e telecomunicações.

“É a primeira solução de tecnologia da informação desenvolvida pela Copel Telecom que será lançada para o mercado. Esse é um dos nossos objetivos para os próximos anos da empresa; lançar soluções agregadas ao negócio de telecomunicações, serviços que ampliem o portfólio da Copel Telecom também na área de TI”, afirmou o diretor-presidente da subsidiária, Adir Hannouche.

O sistema

O EasyAPR é um software composto por dois módulos: uma base de dados web e um aplicativo instalado em dispositivo móvel com sistema operacional Android. Na Copel Distribuição, os funcionários de campo – eletricistas, por exemplo – usam um tablet para registrar atividades. O EasyAPR será instalado nesses aparelhos.

Antes de iniciar o trabalho em campo, o usuário responsável precisa obrigatoriamente preencher uma APR. Hoje, esse procedimento é feito em formulário de papel. Com o EasyAPR, a análise será feita via aplicativo instalado no tablet que o eletricista já usa para consultar ordem de serviço.

O usuário informa dados próprios e do observador, em seguida lista as tarefas que irá executar. O EasyAPR indica, de forma personalizada, quais riscos estão relacionados às tarefas indicadas.

A interface do sistema é extremamente amigável e facilita o preenchimento da análise por grupos de tarefas, riscos, ações preventivas e de bloqueio. Se o usuário tiver a necessidade de informar um risco que não está no sistema, basta acrescentá-lo.

“É possível tirar fotografias do local na hora, fazer o registro com mais segurança e garantir que o funcionário efetivamente realizará a análise de riscos, protegendo sua segurança e sua saúde”, comentou Hannouche.

No caso da Copel Distribuição, o EasyAPR será integrado ao sistema de ordens de serviço. Desta forma, ao abrir o sistema de OS, será aberto antes o aplicativo de análise preliminar de riscos, para que o usuário preencha-o obrigatoriamente antes de executar as tarefas, como é exigido pela Norma Regulamentadora Nº 10 (NR-10), do Ministério do Trabalho e Emprego.

Mais segurança

Além de garantir que o usuário efetivamente realizará a análise preliminar de risco, o EasyAPR armazena as informações em um banco de dados no módulo web, de forma mais segura e confiável.

O aplicativo instalado no tablet envia os dados via internet para o módulo web, mas se o usuário estiver em local sem sinal de conexão, é possível registrar a APR mesmo assim, em modo offline. A partir do momento que o aplicativo receber sinal de internet, ele enviará os dados.

Georreferenciamento

O EasyAPR também atua com localização georreferenciada, coletando as coordenadas de onde a análise está sendo feita. Esse dado gera mais segurança e pode servir para eventuais consultas no banco de dados.

O software foi desenvolvido pela Copel Telecom, em parceria com a Copel Distribuição e o Instituto Senai de Tecnologia. A criação do sistema levou ao total quatro meses. A versão atual está em testes finais e em breve será implementada na Copel Distribuição, onde será usada por funcionários próprios e também terceirizados. A ideia é que a Copel Geração e Transmissão e a própria Copel Telecom também usem a solução.

Demonstração

O EasyAPR será mostrado ao público no estande da Copel Telecom, durante o XXII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica – Sendi, de 07 a 10 de novembro, no Centro de Convenções Expotrade (Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, 10.454, Pinhais/PR).

O Sendi é realizado pela Abradee, com a coordenação da Copel. São aguardados cerca de dois mil participantes durante os quatro dias do encontro.

Mais informações sobre o evento você pode conferir aqui: www.sendi.org.br.