As redes sociais são um dos terrenos mais ricos para estabelecer a presença digital da sua empresa. No entanto, é preciso que haja disciplina e muito planejamento para se estabelecer nessa área. Caso contrário, você pode transformar uma rica oportunidade em uma furada e causar um efeito contrário na hora de fidelizar seu público e converter suas vendas. O Blog Conecta trouxe a você algumas dicas do que não fazer nas redes sociais na hora de estabelecer sua presença digital. Vamos lá?

1 – Forçar reações

As redes sociais são um excelente ambiente para converter novos públicos a consumidores e fortalecer a relação com os clientes já estabelecidos. Para converter esse público em vendas, portanto, é recomendado o uso dos call to action, que são chamadas direcionando para o site ou página de vendas. Esse convite, porém, precisa ser espontâneo e harmônico, e nunca forçado ou intimidador, a ponto de pressionar o cliente.

2 – Não estabelecer uma frequência

O planejamento é a base do posicionamento nas redes sociais. Para estabelecer uma frequência de publicações, é necessário ter muito bem definidos os hábitos de acesso do seu público. Que horas o tráfego é maior na sua página? Que dias? Apostar na sorte e encher o feed de publicações por aleatoriedade pode ser fatal, além de ineficaz você pode afugentar seu público. Planejamento gera precisão.

3 – Usar uma linguagem indevida

Qual é a persona da sua marca? Ela tem um linguajar mais sério e rústico ou é descolada e usa memes? Lembre-se: sua marca deve ter uma identidade própria e respeitar isso. Não é porque você está nas redes sociais que seu comportamento deve ser livre. Faz parte do planejamento e de sua estratégia de posicionamento manter uma linguagem oficial. E o mais importante: sua linguagem deve ter diferentes tons dependendo da rede. Você não fala com seu público no Instagram do mesmo jeito que fala no Linkedin.

4 – Uso excessivo de pontuações e emojis

Estar nas redes sociais não é sinônimo de ser descolado. É importante ter isso em mente antes de se firmar nesse espaço. Muitas empresas, principalmente pequenas, confundem as redes sociais com um espaço onde tudo é livre e divertido. Com isso, na intenção de gerar uma comunicação mais espontânea, marcas exageram na forma de escrever suas publicações, adicionando muitos emojis, pontuações e outros tipos de elementos que causam o efeito contrário ao esperado. Forçar a barra não é legal.

5 – Não contratar profissionais

Mais uma vez o velho erro de achar que as redes sociais não necessitam de  seriedade. Confiar o gerenciamento das redes sociais em pessoas que não possuem o conhecimento adequado pode ser um tiro no pé. Na tentativa de reduzir gastos, muitas empresas negligenciam essa função deixando-a com pessoas da própria equipe, mas de outros setores. Ser comunicativo não é suficiente para gerir o desempenho digital nas redes. Uma boa alternativa para marcas que não possuem um grande orçamento é contratar um consultor de marketing digital.

Com essas dicas, você já consegue ter uma visão mais ampla sobre erros que pode estar cometendo no seu posicionamento digital nas redes. Lembre-se que, apesar de serem conhecidas como ambientes mais descontraídos, as redes sociais precisam ser levadas com seriedade. Existem uma série de ferramentas e programas que podem orientar você na gerência profissional das suas redes sociais. Mas é claro, não adianta ter uma boa equipe e um planejamento eficiente e contar com uma internet instável, que cai toda hora. Conheça o serviço de internet corporativa da Copel Telecom e descubra como uma internet de qualidade, estabilidade e muita velocidade pode impulsionar seus negócios no mundo digital.

Fontes:

https://www.dreamgrow.com/top-10-social-media-marketing-mistakes-that-you-mustnt-make/

https://thenextscoop.com/businesses-not-posting-social-media/

http://ssmais.com.br/blog/12-dicas-do-que-nao-fazer-nas-redes-sociais-da-sua-empresa/