Hoje, se sua empresa ou marca não está na internet, ela praticamente não existe. No entanto, a sua presença na rede somente por meio de um website ou de uma página nas redes sociais que publica conteúdos vazios não vale muita coisa. Presença digital é muito mais do que “estar na internet”. Ela diz respeito à maneira como sua marca se comunica e se posiciona nos meios digitais. Onde sua marca está? Ela está onde seu público está? Como ela se comunica? Que canais ela utiliza? A mensagem está sendo passada claramente? Caso você não saiba as respostas dessas perguntas, sugerimos que você continue a leitura e conheça um pouco mais sobre a importância da presença digital e do marketing de conteúdo.

Estabelecer uma presença consolidada no meio digital é importantíssimo, porque é assim que você vai familiarizar seus clientes e potenciais clientes com o estilo de ser da sua marca. É basicamente o mesmo processo de se criar um perfil pessoal em redes sociais. Cada marca se comunica de um jeito, utiliza determinadas palavras em vez de outras, defende certos ideais, tem um estilo mais tradicional ou mais cool e etc. Tudo isso pode ser percebido em um perfil pessoal em segundos. Com empresas e marcas, isso deve ser possível da mesma forma. Além disso, todas as empresas possuem um código de missões, visão e valores, e é justamente pelo meio digital que elas irão transmitir isso a seu público. Veja alguns exemplos de empresas que utilizam esse universo para deixar bem claro sua maneira de “pensar”.

 

Mas como utilizar o meio digital para estabelecer uma presença? É aí que vamos para a segunda parte do nosso resumão:

Marketing de conteúdo: conceito e importância

Hoje, uma das maneiras mais efetivas de se conquistar (e manter) um determinado público é falando a língua dele. Conhecendo bem seu público, você conhecerá seus gostos. Uma das estratégias de fidelização mais efetivas e “não sufocantes” é o marketing de conteúdo. Isso é, a produção de conteúdos (textos, vídeos, fotos, e etc) que relacionem os interesses do seu público com o produto ou serviço oferecido por sua empresa, sem necessariamente vendê-lo. Por exemplo: supomos que você tenha uma empresa de vendas de suplementos alimentares para musculação. Você possui um canal de vendas físico e on-line para a compra desses produtos. Além disso, a fim de fidelizar e conquistar a confiança do seu público, você cria um blog que trate de assuntos como “10 exercícios para ganho de massa sem sair de casa” ou “Playlists que vão ferver o seu treino”. São temas que não vendem seus produtos, mas indiretamente tratam do assunto “musculação”, que serve como uma ponte para o assunto “suplementos”. Construindo uma rotina de publicações em seu blog, seu cliente acostumará a ter você como uma referência no assunto, e na hora de comprar, sua marca aparecerá no imaginário dele. E o melhor de tudo isso é que você não precisa ser um especialista em escrita para criar um blog, já que é possível terceirizar esse serviço. Caso você tenha interesse nesse tipo particular de canal, dá uma conferida na nossa matéria sobre como ganhar dinheiro com blogs.

Ficaram um pouco mais claro os conceitos de “presença digital” e “marketing de conteúdo”? Compreender essas temáticas é fundamental na hora de alavancar a imagem da sua empresa ou marca na web. Continue pesquisando e estudando cada vez mais as relações marca-cliente nesse meio. Sucesso!