Print de uma transmissão do Ninja no Twitch

 

Pelo visto, não. O Twitch ainda não se viu intimidado pelo IGTV e a consolidação do hábito de ver vídeos com o celular na vertical. Por mais que tenha sido “construído para o jeito natural que você segura e usa o telefone”, muito ainda é discutido sobre esse novo canal de conteúdo e a duração de seus vídeos. Mas nada que faça a plataforma reconhecida pelo streaming de vídeo games tremer em suas bases.

Emmett Shear, um dos co-fundadores do Twitch, reforça que os famosos criadores de conteúdo sabem de onde vem. “Nós realmente acreditamos que o Twitch oferece a mais profunda e engajadora experiência de comunidade – é bem difícil replicar isso”, reflete sobre essa dança das cadeiras. E esse parece ser o grande objetivo do serviço e todas as pessoas envolvidas, justificando seu sucesso: “não é somente sobre assistir, mas fazer parte do show”, em livre interpretação do que encontramos em seu about.

Na real, os criadores de conteúdo e usuários estão vendo os serviços de uma forma bem complementar. Essa parece ser uma unanimidade entre eles.

Tanto que já existem dicas de como divulgar canais do Twitch no IGTV (nos mesmos moldes que acontece com o YouTube). Entre as principais estrelas que estão sabendo utilizar bem os recursos das plataformas está Tyler Blevins, mais conhecido como Ninja, que ficou famoso e querido por todos com sua energia e animação nas transmissões.