Lançada na semana do Natal, Bridgerton chamou atenção pelo sucesso feito em um período de festas, quando a prioridade das pessoas não é passar horas no sofá. Mesmo assim, a Netflix conseguiu emplacar os oito episódios da série inspirada nos livros de Julia Quinn. É claro que o bom desempenho dos livros já previa a aceitação da versão audiovisual, mas o conjunto da obra que contou com Shonda Rhimes, responsável por Grey’s Anatomy, fez com que os fãs da série cobrassem uma segunda temporada rapidamente.

Para quem não sabe, Bridgerton conta a história da alta sociedade da Regência Britânica com todos os seus dramas e romances. Para quem gosta do estilo de época, pode curtir outros títulos com a temática enquanto aguarda uma nova temporada.

Séries para matar a saudades de Bridgerton

Downton Abbey

A série também se passa na Inglaterra, mas em 1912 e acompanha a poderosa família Crawley, que conta com três moças solteiras em busca de um futuro marido que traga prestígio para a família. A trama, que inicia com o naufrágio do Titanic, traz todos os escândalos, ambições, amores proibidos e segredos que fogem dos padrões aceitos na época.

Outlander

Assim como Bridgerton, Outlander também foi inspirada em uma série de livros. A trama acompanha a enfermeira britânica Claire Randall que viaja no tempo e acaba parando em uma violenta Escócia de 1743. Para aliviar as tensões da guerra no país, a personagem conhece o guerreiro Jamie Fraser e vive um romance inesperado e, é claro, conflituoso.

The Spanish Princess

A trama conta a história de Catarina de Aragão, a princesa espanhola que foi a primeira esposa do Rei Henrique VIII. Esta é a terceira parte de uma trilogia que conta a história de diferentes mulheres. Antes de The Spanish Princess, foram lançadas The White Queen e The White Princess.

The Tudors

História de época repleta de romance, intrigas e sexo: é assim que podemos descrever The Tudors. A trama conta a história do caótico reinado de Henrique VIII e, é claro, mostra o comportamento intenso do rei, que ficou conhecido por suas várias esposas. A série ganha pontos por ter sido criada por Michael Hirst, nome por trás de outros títulos de época, como Vikings e Elizabeth.

Harlots

Londres de 1873: é lá que se passa Harlots. A série conta a história de mulheres que se prostituem durante este período de expansão e crescimento. Por se passar em bordéis no século XVII, a realidade do ambiente é apresentada, junto com todas as suas intrigas, regras e competições. Harlots se destaca que fugir das lentes da alta sociedade de época.

Victoria

Para muitos, Victoria serve como uma continuação de Bridgerton, já que conta acompanha a trajetória da Rainha Vitória desde sua adolescência, entre os anos 1830 e 1840. Na série, a jovem está aprendendo o papel de ser uma monarca por meio da visão de políticos e de seu marido. Não faltam intrigas e romances!

Another Period

Quer fugir um pouco dos dramas? Another Period é uma comédia sobre uma família aristocrática de Rhode Island no início do século XX. A trama é como uma paródia de séries como Bridgerton, já que segue o padrão das filhas que precisam casar para manter o status e riqueza da família.

The Great

A trama acompanha a ascensão de Catarina, a Grande, na Rússia do século XVIII. The Great também foge do drama clássico, já que a sua estética exagerada, satírica e muitas vezes absurda trazem um tom cômico à série.

Para assistir todas as séries com a melhor qualidade de streaming, assine já o pacote da Copel Telecom para garantir a melhor banda larga 100% fibra óptica!