A transformação digital já é uma realidade. A cada dia que passa, as empresas estão se reinventando, a fim de entrarem em conformidade com os pilares desse fenômeno. Porém, muitas companhias ainda falham nessa jornada.

Prova disso é que, de acordo com a gigante de consultoria empresarial McKinsey, 70% das transformações organizacionais falham de forma recorrente. O que muitas dessas empresas não entendem é que a transformação digital vai além da digitalização.

Um dos princípios fundamentais dela, por exemplo, é colocar o cliente como foco de todos os esforços. Por isso, trouxemos hoje esta matéria, que falará sobre como a TI pode ajudar no processo de atendimento ao cliente. Vamos lá?

Por que o atendimento?

O atendimento é o primeiro contato do cliente com a empresa. Por isso, é fundamental que ele proporcione uma boa experiência ao consumidor. Não é à toa que, de acordo com a pesquisa CXTrends, produzida pelo blog Octdesk, 62% das empresas entrevistadas consideram o atendimento um forte diferencial competitivo. Mas, afinal, como pode melhorar o atendimento das empresas?

Três formas como a TI pode ajudar o atendimento de empresas

Vamos, então, apresentar os 3 pontos em que a TI pode atuar para melhorar o atendimento das empresas. Confira:

1 – Chatbot

Você deve ter notado em alguns sites que, ao acessá-lo, uma janela aparece do lado direito da tela com uma mensagem contendo “Olá, como posso te ajudar?” ou algo assim. Bom, isso são robôs programados pela TI para responder perguntas que os usuários costumam ter.

Essa ferramenta se chama Chatbot, e está se tornando cada vez mais comum. Com ela, questões como “quanto custa?”, “quais os modelos?” e “horário de atendimento?” são respondidas sem a necessidade de intervenção humana. É mais prático, rápido e barato para as empresas.

2 – Omnichannel

Igualar a experiência do cliente independente do canal. Essa é a proposta do Omnichannel. Isso significa, por exemplo, que o cliente pode fazer uma compra online, solicitar a troca por telefone e realizá-la em uma loja física. Tudo com a mesma tranquilidade.

Essa, porém, não é uma responsabilidade somente da TI. Existem vários aspectos que deve envolver o desenvolvimento do Omnichannel. O primeiro deles é a compreensão da persona e o mapeamento de seus hábitos de consumo. Entretanto, um bom desenvolvimento tecnológico é peça chave nessa missão.

3 – Coleta e trabalho de dados pessoais

Propor e desenvolver soluções tecnológicas sem compreender de fato seu cliente é como um tiro no escuro. Antes de colocar a mão na massa, a TI da empresa deve realizar um preciso trabalho de dados sobre o consumidor. Como?

Bom, o primeiro passo seria a utilização de CRM (Customer Relationship Management), que consiste em uma estratégia de negócios que coloca o cliente como foco das operações.

Na prática, isso funciona em um processo constante de coleta de dados, por meio das mais variadas formas. Você pode conferir nossa matéria sobre CRM clicando aqui.

Depois de ter esses dados, fica muito mais fácil compreender o cliente, entender seus hábitos de consumo e identificar seus processos.

Estabilidade e velocidade para um bom atendimento

Para proporcionar uma boa experiência ao cliente, é importante uma internet que esteja à sua disposição 24h por dia. Com a fibra óptica dos planos empresariais da Copel Telecom, você conta com toda a estabilidade e velocidade da fibra óptica. Clique aqui e conheça-os.

Fontes:

https://blog.sonda.com/atendimento-ao-cliente/

https://www.vogeltelecom.com/blog/sete-dicas-para-melhorar-o-atendimento-ao-cliente-com-ti/

https://www.zendesk.com/resources/omnichannel-customer-service-report/