A internet está repleta de termos e siglas que usamos todos os dias, mas às vezes não sabemos exatamente sua definição. Hoje, você descobrirá o que significa cada uma destas siglas: FTP, FTPS e SFTP. Acompanhe a matéria e fique por dentro.

FTP – File Transfer Protocol

Na tradução direta, essa sigla significa “Protocolo de transferência de arquivo”. Ele funciona criando uma ponte para a troca de dados entre seu PC e o servidor onde seu site é hospedado, permitindo que você acrescente informações ou faça modificações nele.

Mas, na prática, como isso se aplica?

Imagine que você tenha que operar algum site para seu negócio e, para isso, precise de várias páginas de um script de linguagem. Mesmo que você possua um computador com bastante espaço, salvar nele as informações do site não é o mais recomendado.

Em casos como esse, o melhor a se fazer é utilizar o FTP. Como dissemos, ele funcionará como um canal entre seu computador e o servidor onde o site estará hospedado. Com isso, caso você precise adicionar ou alterar funcionalidades do site, isso será feito no FTP, e não direto na página.

Como esse protocolo é um intermediário entre seu PC e o servidor, ele ajuda muito na hora de armazenar dados. Ou seja, você não precisará lotar seu hd com as informações do site, que poderão ser alocadas no FTP. E mais: em casos de quedas ou eventuais falhas que apaguem dados do seu site, você poderá usar o FTP como um armazenador para backups. Vamos entender as outras siglas?

FTPS – File Transfer Protocol over SSL

Um FTP com um toque a mais de segurança. Em suma, é isso que o FTPS é. Nesse protocolo, há a presença da tecnologia SSL (Secure Socket layer), que é uma camada que criptografa as informações tramitadas entre os pontos envolvidos na troca. Com o FTPS, é como se as informações fossem convertidas em “enigmas” durante a transmissão e voltassem a ser decifráveis em seu destino.

FTPS implícito e explícito

Existem duas categorias nesse protocolo: a com SSL implícito e explícito. Com a primeira, todas as informações são automaticamente criptografadas durante a transmissão. Enquanto com o explícito, o cliente pode escolher quais informações ficarão sob criptografia.

SFTP – Secure File Transfer Protocol

A premissa do SFTP é a mesma do protocolo anterior: um FTP com uma camada extra de segurança. No entanto, neste caso, a tecnologia em uso é a SSH (Secure Shell). O SSH é um protocolo que proporciona mais segurança na conexão entre os pontos A e B. Como? Explicaremos a seguir.

Diferente da transmissão em fluxo que havia no FTP e no FTPS, aqui, as informações serão empacotadas em SSH. Com isso, o usuário poderá configurar passwords privados que irão reforçar a segurança ao acesso desses pacotes.

Transfira dados e arquivos com muito mais velocidade e estabilidade

Você já conhece a Internet Dedicada da Copel Telecom? Com essa solução, sua empresa desfruta de um canal exclusivo com total disponibilidade de conexão, garantia da velocidade contratada e fibra óptica de ponta a ponta. Assim, o uso dos protocolos FTP, FTPS e SFTP fica muito mais veloz e estável. Conheça agora os planos da Copel Telecom e encontre o melhor para seu negócio.

Fontes:

https://www.hostinger.com.br/tutoriais/ftp-o-que-e-como-funciona

https://meunegocio.uol.com.br/academia/tecnologia/ftp-ftps-e-sftp-o-que-sao-e-para-o-que-servem.html#rmcl