Se você ama o mundo dos jogos, já deve estar ansioso com a chegada do Far Cry 6, confirmada para o dia 7 de outubro deste ano. O game será lançado para dispositivos como PlayStation 5 (PS5), Xbox Series X / Series S, PlayStation 4 (PS4), Xbox One e PC, pelo preço de 249,00 na sua versão mais simples para computadores. Apesar da fama da franquia, o próximo Far Cry está repleto de novidades e modificações quando comparado aos demais jogos da série, – e isso está dando o que falar! 

Sobre a história 

No sexto título de Far Cry acompanhamos a trajetória de Dani Rojas, um (ou uma!) ex-militar que está liderando guerrilheiros para combater a tirania do ditador Antón Castillo, o antagonista interpretado pelo ator Giancarlo Esposito, que é conhecido pelo seu trabalho como Gus, em Breaking Bad. Nessa trama, o herói terá ajuda de Juan Cortez, combatente e fiel escudeiro que lhe instruirá como obter a melhor, mesmo com um número de armas e soldados reduzidos. 

A luta será pela liberdade da Ilha de Yara, um lugar assolado pela arrogância de Castillo, marcado pelo tempo e pelas histórias de revolução. Por conta da separação da ilha caribenha, por volta dos anos 50 a cidade passa um ar de “parar no tempo” com um misto de pobreza. 

Sobre a jogabilidade 

Antes de tudo, é preciso deixar claro que Far Cry 6 não deve apresentar todas as funcionalidades com as quais os fãs estavam acostumados, pelo menos quando comparado com o último título lançado pela franquia. O motivo de algumas perdas se dá por conta do foco no enredo da campanha do jogo, que está sendo elaborado para trazer uma história bem desenvolvida e aperfeiçoada. 

Embora Far Cry 5 tenha feito sucesso com o Modo Arcade, uma espécie de editor de mapas onde era possível criar e compartilhar com outros jogadores via internet, o modo não será incluído neste título. 

Além disso, Far Cry 6 será o primeiríssimo jogo da história da franquia com a possibilidade de alternar de primeira pessoa para terceira pessoa. Juntamente com o mapa aberto, o jogo promete uma história mais envolvente, incluindo até veículos personalizados e cavalos como meio de locomoção. 

Outra característica interessante são as possibilidades, como por exemplo, subornar autoridades e esconder armas para se passar por um civil. Fora a montagem de armas, que é feita com objetos encontrados que são reaproveitados para criar as munições mais inventivas. 

De modo geral, a história de Far Cry 6 será diferente o suficiente para levar a experiência do jogador a outro nível. O jogo deve surpreender positivamente aqueles que esperam algo muito além de tiros e mapas abertos.