Sempre na lista dos aplicativos mais baixados, o WhatsApp conquistou os brasileiros por ser uma ferramenta de comunicação rápida, que reúne mensagens, ligações e vídeo chamadas de forma gratuita.

Nos últimos tempos, o Telegram ganhou espaço no setor e também apresentou um número significativo de downloads por oferecer maior privacidade e melhores possibilidades para grupos, como um número maior de participantes e uploads de arquivos mais pesados.

Mesmo com a concorrência entre os dois, eles não estão sozinhos no mercado de aplicativos de conversas. Depois de passar por três anos de testes, o Google lançou o RCS, Rich Communication Services.

O aplicativo, que foi disponibilizado apenas para o sistema Android, também tem como proposta substituir o SMS, assim como os outros aplicativos concorrentes, como WhatsApp e Telegram. 

Como o RSC funciona

Já disponível para uso do público brasileiro, o RCS funciona com o aplicativo Mensagens, que também é compatível com o SMS e MMS tradicional. Sendo assim, ele não desconta da franquia de dados e precisa ser liberado pelas operadoras.

Mesmo sendo usado em ambiente semelhante ao SMS, o RSC pode ser considerado uma evolução do sistema de mensagem. Na plataforma, é possível enviar fotos e vídeos com alta qualidade e criar grupos de conversa.

Assim como o WhatsApp e o Facebook Messenger, a novidade chega com uma criptografia evoluída. Sendo assim, o conteúdo movimentado por lá é dificilmente acessado por operadores e até mesmo pelo Google, o próprio criador da ferramenta.

E o Google segue tentando

O RCS é mais uma tentativa do Google de emplacar um aplicativo de comunicação. A gigante de buscas já tentou mostrar sua relevância em ferramentas como o Talk e o Hangouts, mas desistiu após inúmeras tentativas.

Mesmo com o Hangouts trazendo o já conhecido padrão do SMS para dentro, o Google conseguiu um resultado diversificado com o Meet, Duo e Telefone Hangouts. Mesmo com diversas plataformas, a resposta do mercado não é das mais satisfatórias.

Mas as dificuldades que o Google enfrenta não param por aí. Mesmo com acordos com fabricantes de celulares e o apoio de grandes operadores, o RCS deve encontrar um grande obstáculo na sua estratégia para emplacar: a Apple.

A marca já deixou claro não ter nenhum interesse na novidade, já que enxerga na ferramenta uma grande concorrência para o iMessages, que é queridinho nos EUA.

Mesmo assim, o Google não desiste, já que criou uma solução para entrar no iOS: o RBM, também conhecido como RCS Business Messaging, uma ferramenta exclusiva para uso corporativo.

De todo modo, o RCS precisa driblar alguns obstáculos para chegar próximo ao sucesso do fenômeno da comunicação, o WhatsApp. Será que a novidade vai conseguir chegar lá?

Independente do aplicativo escolhido para se comunicar, é importante ter uma boa internet para conseguir trocar informações de forma rápida, né? Para isso, a Copel Telecom conta com uma banda larga 100% fibra óptica para você não precisar ficar desconectado! Já conhece nossos planos? Que tal acessas aqui.