Num mundo cada vez mais conectado, a segurança da informação se torna uma das prioridades do negócio. Isso fica mais evidente quando vemos que, segundo o portal espanhol La Razon, 37% das empresas de todo o mundo foram afetadas com uso não autorizado de informação empresarial.

Assim, ter à disposição ferramentas e softwares que assegurem os dados de clientes e da própria empresa passa a ser mais importante. No entanto, muitas companhias não sabem quais passos dar a esse sentido. Por isso, trouxemos hoje 5 dicas para aprimorar a segurança da informação em sua empresa.

1 – Treine seus colaboradores

Estruturar um bom serviço de segurança da informação em sua empresa faz parte do conceito de transformação digital. Portanto, é importante ressaltar o primeiro passo para essa mudança: a cultura.

Ter uma equipe preparada para compreender e lidar com as mudanças na segurança é fundamental antes de aplicar qualquer inovação tecnológica. Seja por meio de cursos, workshops ou o que precisar, é importante investir no preparo de seus colaboradores.

2 – Senhas

O primeiro tópico são as senhas. Neste aspecto, temos duas dicas fundamentais:

  • Evite utilizar a mesma senha para todas os acessos utilizados por seu negócio. Pense que, se algum desses acessos for hackeado, todos os outros estarão igualmente expostos. Para criar diversas senhas sem se perder, existem diversos gerenciadores.
  • Busque alternar os códigos em caracteres maiúsculos, minúsculos, números e símbolos. O Blog Conecta tem uma matéria exclusiva sobre como criar senhas seguras, você pode lê-la clicando aqui.

3 – Utilize protocolos de transferência de arquivos

Protocolos de rede são uma sequência de normas que permitem a comunicação entre computadores. Largamente utilizados para a transferência de arquivos com segurança, esses protocolos criam um canal específico entre as partes envolvidas, ampliando a segurança das informações. Você pode conferir um pouco mais sobre alguns dos principais nesta matéria.

4 – Contrate uma solução em Data Center

Em um Data Center, as informações de sua empresa ficam protegidas de ponta a ponta.

Além de um espaço para armazenamento de seus dados, empresas que oferecem esse serviço costumam contar com equipes e sistemas de segurança de peso.

Existem duas opções na hora de contratar um Data Center: ter um próprio ou contratar um terceirizado. Nesta matéria, mostramos porque a segunda opção é a melhor.

5 – Fique atento à LGPD

Como você deve saber, ao final de 2020, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) entra em vigor. A lei, que visa regulamentar o uso e tratamento de dados pessoais por empresas no Brasil, está em um período vacatio legis (vacância da lei, em latim).

Ou seja, durante esse tempo, as companhias devem se adaptar às normas estabelecidas. Como esse processo é burocrático e complexo, contratar um DPO (Data Protection Officer) para cuidar do trâmite pode ser uma boa solução.

Um DPO é um profissional ou instituição que trabalhará monitorando todo o processo de transição da sua empresa para as exigências da LGPD. O Blog Conecta tem uma matéria exclusiva dando um panorama sobre a lei, clique aqui e leia agora.

Exclusividade é segurança

Com a Internet Dedicada da Copel Telecom, sua empresa conta com um canal exclusivo de conexão. Assim, você garante a velocidade contratada e toda a estabilidade da fibra óptica. E mais: por ser exclusivo, é uma internet que apenas sua empresa tem acesso, tornando mais seguros os processos envolvidos. Conheça nossos planos clicando aqui.